Saude

Causas mais comuns do prurido vaginal

Por  | 

Ter prurido vaginal é realmente incómodo e embora seja uma situação pouco comum pode acontecer quando menos esperar. Sentir prurido na zona íntima pode ter muitas causas ou motivos, mas é preciso descobrir o que está a causar o problema para se poder fazer o tratamento mais adequado. Quando sentir essa sensação de comichão durante muito tempo e de forma persistente, então já será motivo para começar a preocupar-se.

Vamos hoje conhecer algumas das causas mais comuns que podem dar origem ao prurido vaginal. Se os sintomas coincidirem com o que estiver a sentir agora mesmo, aconselhamos que consulte o mais rapidamente possível o seu médico, para que este possa diagnosticar o problema da forma mais adequada e para poder fazer o tratamento mais adequado ao seu problema.

 

Vaginose bacteriana

A vaginose bacteriana é uma das causas principais para o prurido vaginal. Costuma ser causada por um desequilíbrio no nível do pH da vagina, algo que vai fazer com que as bactérias que habitam na vagina se desequilibrem e predominem mais as bactérias insalubres do que as saudáveis. Isto irá fazer com que a vagina fique irritada, fazendo com que sinta coceira e podendo até mesmo provocar uma infecção. Os principais sintomas da vaginose bacteriana são a coceira e uma secreção aquosa com um odor desagradável.

 

Dermatite de contacto

A dermatite de contacto na pele é uma irritação causada por algum tipo de reação alérgica. Costuma provocar muito incómodo e prurido, desenvolvendo sintomas e reações negativas para com produtos como lubrificantes, lubrificantes perfumados, sabões para o corpo, e até mesmo por alguns preservativos. Uma dor e vermelhidão acompanham o prurido vaginal, mas a dermatite de contacto pode ser tratada com cremes e identificando o que a causou.

 

Infeção por fungos

A infeção por fungos acontece também quando há um desequilíbrio nos níveis naturais do pH (como acontece com a vaginose bacteriana) da vagina. As infeções por fungos podem acontecer em qualquer altura e podem ser o resultado de uma mudança na dieta, por tomar antibióticos, por ter sexo e até mesmo por ter demasiado stress. Costuma-se identificar pelo fluxo demasiado denso, mau odor e muita coceira, tanto no exterior como no interior da vagina. Pode-se tratar facilmente mas deverá recorrer à ajuda do seu médico.

 

Eczema

O prurido vaginal pode também ser causado e agravado por condições genéticas da pele como os eczemas. Este mal-estar pode ser aliviado com tratamentos naturais ou esteróides, mas deve ser o seu médico a aconselhá-la melhor sobre o tratamento mais adequado.

 

Quer falar sobre mais motivos causadores do prurido vaginal?

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

seven + seventeen =