Familia

Como interpretar o choro do bebé

Por  | 

O choro do bebé será talvez das situações que mais desespero podem trazer aos pais porque não sabem o que se passa com o seu filho ou o que ele quer. No entanto, convém esclarecer que o pranto é a única forma que o bebé tem de comunicar, para além dos sons que emite.

É curioso verificar que segundo diversos estudos levados a cabo sobre o choro dos bebés, se tenha chegado à conclusão que todos os bebés emitem os mesmos sons para transmitir as mesmas necessidades. Todos têm uma linguagem própria, que é possível interpretar e traduzir.

 

Todos os bebés partilham a mesma linguagem

Após dez anos de investigações, com más de 1.000 bebés em todo o mundo, descobriu-se que os bebés partilham a mesma linguagem. Tudo começou com a curiosidade de uma mãe em saber se os bebés tinham um código de choro. Esta dúvida levou-a a fazer uma investigação exaustiva onde conseguiu identificar 5 sons concretos:

  1. Neh – Tenho fome
  2. Owh – Tenho sono
  3. Eh – Preciso de arrotar
  4. Eairh – Dá-me uma massagem na barriga porque tenho gases
  5. Heh – Estou incomodado, talvez tenha calor ou a fralda suja

 

Discriminação dos sons de choro do bebé

 

1. O som “neh” – Tenho fome

É um som produzido imitando o acto reflexo de aspirar o peito. Verifique se é a hora de mamar e se o bebé está a fazer este som. O som é feito com a ponta da língua no palato. Observe se o bebé faz este movimento com a língua para identificar melhor o som. Reconhecerá o som pelo “n” do choro. Outros sinais ou gestos que lhe dirão se tem fome é quando coloca a mão na boca, faz ruídos com a boca ou gira a cabeça de um lado para o outro.

 

2. O som “owh” – Tenho sono

O som “owh” é devido ao reflexo de bocejar. Irá dar conta que a boca do bebé tem a forma ovalada. Outros gestos que indicam ter sono é esfregar os olhos ou fazer movimentos bruscos. Se arquear as costas e retorcer-se então quase de certeza que se trata de sono.

 

3. O som “eh” – Preciso de arrotar

O som “eh” acontece quando contrai o peito numa tentativa de expirar. Este som é frequentemente repetido numa sequência de vários “eh” seguidos. Se o bebé deixar de comer e queixa-se será porque precisa de arrotar. Se notar que fica com o peito mais tenso, ou que não está a gostar de estar deitado, experimente ajudá-lo a expulsar os gases.

 

4. O som “eairh” – Dá-me uma massagem porque tenho gases

O som “eairh” é produzido no baixo-ventre. Se notar que o bebé está tenso ou rígido, que levanta as pernas até à barriga, que faz uma cara feia ou que chora de forma desconsolada, experimente deitá-lo e dar-lhe uma massagem.

 

5. O som “heh” – Estou incomodado

O som é produzido por se sentir incomodado na pele, o que poderá significar que tem calor, frio ou que a fralda o está a incomodar. Poderá também ser devido a sentir-se incomodado por estar apertado na zona da cintura ou que a roupa lhe está a provocar comichão. Este som reconhece-se pela exalação do “h”, como se fosse uma respiração ofegante. Verifique tudo o que o possa estar a incomodar.

 

De início não é fácil distinguir estes sons, mas se for anotando os choros e a forma como o bebé se acalmou em cada ocasião, rapidamente irá tornar-se numa especialista na interpretação do choro do seu bebé. Também pode comprar DVD’s ou aplicações para o smartphone que a poderão ajudar a identificar os sons feito pelo seu bebé.

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *