Saude

Como tratar as varizes

Por  | 

As varizes são dilatações de uma ou mais veias do nosso organismo ou, o que é o mesmo, uma função venosa deficiente. Tanto as mulheres como os homens de todas as idades podem sofrer deste problema, embora seja uma condição mais comum em idades mais avançadas.

As varizes surgem geralmente em consequência da insuficiência venosa que provoca sintomas como uma sensação de pernas pesadas, dor ou inchaço dos pés e dos tornozelos. Outras consequências possíveis são cãibras nocturnas, comichão, hiperpigmentação da pele, inchaço permanente dos tornozelos e úlceras cutâneas devido a uma irrigação sanguínea deficiente. Se padece de varizes, hoje vamos falar sobre a forma de as tratar.

Prevenção

Ao falar sobre o tratamento das varizes, há que diferenciar entre o tratamento global da insuficiência venosa crónica e a das varizes somente. O primeiro é conservador e é feito quando a sintomatologia ainda não é muito acusada, para tentar que a doença não progrida. Neste caso é importante levar a cabo algumas medidas preventivas. Para além disso, existem fármacos denominados de flebotônicos ou medicamentos venoativos que podem aliviar parcialmente os sintomas da insuficiência venosa, embora não consigam fazer desaparecer totalmente as varizes.

Como tratar as varizes

A solução definitiva para este problema é a cirurgia, que consiste em remover a veia principal que recolhe o sangue de todo o território venoso superficial. Desta forma, diminui a pressão venosa na zona e os sintomas melhoram de forma notória, desaparecendo a maior parte das varizes. É no entanto uma solução que se recomenda apenas quando já existem varizes muito proeminentes e/ou problemas importantes, ou então quando já surgiram outras complicações.

cirurgia varizes

Tratamentos estéticos

Por último, deve saber que existem tratamentos estéticos para as varizes que podem melhorar bastante a situação, embora sem as fazer desaparecer. Estes tratamentos consistem numa acção directa sobre as veias varicosas com substâncias esclerosantes ou com o laser principalmente.

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *