Em Forma

Dançar: Como manter a forma dançando

Por  | 

Ao longo da história a dança nunca foi usada como forma das pessoas se manterem em forma. Estava associada acima de tudo a formas de entretenimento, com toda a lógica. No entanto, nos últimos anos tornou-se claro que dançar ajudará qualquer pessoa a manter-se em forma, desde que feito de forma regular e não apenas de forma ocasional. Rapidamente se tornou uma das formas mais populares de manter o corpo em forma, pois é também uma das mais divertidas. Não associamos dançar a trabalho físico de ginásio, mas sim a diversão e interacção com outras pessoas.

Tal como qualquer outra actividade de ginásio, como correr numa passadeira ou andar de bicicleta, dançar manter o coração a trabalhar, mantendo exercitado o seu sistema cardiovascular. Além disso, o movimento constante ajuda a queimar as calorias a mais, podendo queimar centenas de calorias numa sessão de dança de uma hora. Conforme o estilo de dança e o tipo de dança, exercitará músculos e partes do corpo específicas, mas acima de tudo deve dançar aquilo que lhe der mais prazer, para que considere esta actividade como um prazer e não uma tarefa.

Mesmo danças lentas ajudarão pessoas com dia-a-dia muito sedentário a exercitarem-se e a suar um bocadinho, o importante é encontrar uma dança da qual goste e que conte para si como diversão. Muita gente usa o seu tempo de relaxamento a ver televisão, no computador ou a ler, mas dançar também pode ser uma actividade relaxante, com o bónus de estar a ajudar a sua saúde.

Como em qualquer actividade física, não se esqueça que se optar por uma dança muito intensa terá que ter os mesmos cuidados que qualquer outra actividade de ginásio: não se esqueça de fazer alguns alongamentos, fazer o aquecimento adequado e beber muita água. É possível contrair lesões em certas danças se não tomar estas precauções.

Para começar a dançar não precisa de se inscrever em nenhum salão de dança pago. Existem muitos vídeos na internet que o ensinam a dançar, e pode dançar em casa, se tiver um espaço adequado. No entanto aqui perde-se o factor de interacção com outras pessoas que estão tão entusiasmadas com a dança como você, bem como a experiência de um professor que obviamente a auxiliará melhor que qualquer vídeo. Neste contexto de salão, dançar passa também a ser uma actividade social e uma boa forma de conhecer pessoas.

Esta actividade não conhece barreira de idades, qualquer pessoa pode começar a dançar com regularidade quando quiser, e apesar de nos primeiros tempos o corpo poder acusar um bocadinho o cansaço a que não está habituada, a longo prazo será uma actividade que fará com naturalidade, garantido para a sua saúde e para a sua vida no geral todos os benefícios de que já falamos. Porque não experimentar?

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *