Relações e amor

O amor é difícil

Por  | 

O amor é provavelmente a mais misteriosa e complexa emoção humana, uma que pode provocar grande prazer a satisfação e ao mesmo tempo grande sofrimento e dor. Desde que nascemos que somos sujeitos a esta emoção, através dos nossos pais e da nossa família, e a existência de amor na nossa infância pode ter um papel muito importante na nossa capacidade de manter relações amorosas na idade adulta.

Todas estas relações, quer com os nossos pais e familiares, quer com outras pessoas que conhecemos ao longo da vida e que invocam em nós este sentimento, requerem por vezes muita dedicação para a manter saudável. Existem diversas formas de mostrar o nosso amor por alguém, mas infelizmente não existe uma fórmula secreta, ou seja, estas formas variam de relação para relação e de pessoa para pessoa, pelo que se tornam impossíveis de explicar a alguém que esteja por fora.

Para adensar o mistério que rodeia o amor, outras relações parecem desenvolver-se sem qualquer esforço, parecem naturais e podem surgir instantaneamente. É nestas alturas que dizemos estar apaixonados, uma ocasião em que o amor se mistura com outras emoções de natureza social e sexual. Será assim possível explicar as nossas relações amorosas com o sexo oposto sem falar nestes factores?

A dificuldade em definir o amor e o mistério que rodeia a forma como este se manifesta sempre foram alvo de interrogação ao longo da história, e os grandes escritores sempre abordaram este tema. Desde os clássicos como Romeu e Julieta até fenómenos do cinema recente, onde as comédias românticas surgem a um ritmo elevadíssimo, esta fascínio pelo amor e pelas relações humanas é inato aos seres humanos.

Por muito que se escreva, é improvável que alguma vez venhamos a descobrir o segredo do amor, e quando as nossas relações amorosas falham, martirizamo-nos, tentando perceber o que correu mal, o que nem sempre é óbvio. Por vezes estas interrogações duram para sempre, deixando-nos uma mágoa que por vezes não desaparece.

É esta mistura de mistério e dor causada pela perda torna o amor tão difícil, e um desafio constante na nossa existência. Mas por mais difícil que esta seja, os seus benefícios para a nossa vida são infinitamente valiosos, e é por isso que não conseguimos deixar de o perseguir. Final de contas costuma-se dizer que o que é difícil acaba por saber melhor quando é conseguido!

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *