Dietas

Plantas medicinais adelgaçantes

Por  | 

Se está a meio de uma dieta ou se pretende começar uma, com certeza já sabe quais são os princípios básicos: cuidado na ingestão de calorias e exercício físico. No entanto existem plantas medicinais que devido aos seus princípios activos próprios actuam sobre o organismo de diversas formas. Estas acções contribuem para a dieta, não como parte fundamental, mas como auxiliar. Repetimos, porque nunca é demais frisar: as plantas medicinais adelgaçantes devem ser sempre usadas como suplemento a um plano de dieta, pois isoladamente não produzirão efeito.

Plantas com propriedades diuréticas

Estas plantas ajudam a eliminar a acumulação de fluidos e a purificar o trato urinário, sendo uma das grandes vantagens o facto de não eliminar o potássio. Exemplos deste tipo de plantas incluem folhas de alcachofra, agrião e dente de leão.

Plantas com propriedades depurativas

A função das plantas depurativas é limpar o corpo de toxinas, bactérias mortas e ureia que o corpo não consegue eliminar. Limpar o organismo é algo fundamental para o manter saudável e propenso a reagir de forma mais positiva a uma dieta. Estas propriedades encontram-se em folhas de alcachofra, cardo santo e urtiga verde.

Plantas com propriedades laxantes

As plantas com propriedades laxantes têm como principal função auxiliar a limpeza dos intestinos, contribuindo também para eliminar as gorduras acumuladas nos intestinos, evitando que o corpo as absorva. É importante salientar que estas plantas não devem ser usadas por mais de uma semana de forma consecutiva. Alguns exemplos incluem pêssego, cáscara-sagrada e folhas de malva.

Plantas que causam transpiração

Este tipo de plantas são óptimas para descongestionar o fígado, rins, pulmões e sistema linfático. Para além de ajudar a suar e consequentemente fazer o corpo queimar calorias, estas plantas também ajudam a lidar com problemas de acne. É aconselhável que sejam usadas de manhã. Bardana, salgueiro e anis são alguns exemplos deste tipo de plantas.

Plantas com propriedades saciantes

As plantas medicinais adelgaçantes com este tipo de propriedades provocam um efeito de volume no estômago e no sistema digestivo que dão uma sensação de ter o estômago cheio, ajudando por isso a controlar a quantidade de calorias que ingere a cada refeição diária. Estas plantas ajudam também a regular as funções intestinais diminuindo a absorção por parte do organismo de hidratos de carbono e gorduras. O seu efeito é maior se forem consumidas cerca de 30 minutos antes da refeição. Alguns exemplos de plantas medicinais com propriedades saciantes são a espirulina, a figueira-da-Índia e a glucomanano.

Plantas lipolíticas e termogénicas

Estas plantas medicinais tês propriedades que visam queimar as gorduras do corpo e impedir a produção de células que armazenam a gordura, conseguindo desta forma diminuir os depósitos de gordura do corpo. Guaraná, chá verde e laranja amarga são alguns exemplos de plantas lipolíticas.

1 Comment

  1. Nilso Soares

    Setembro 23, 2015 em 3:46 pm

    Sem duvida, as plantas é o melhor produto natural que existe para todo tipo de mal físico. Minha avó morreu com 96, em todo sua vida usou muito remédios feitos de plantas.

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *