Relações e amor

Saiba quais são os tipos de ciúmes. Descubra o seu!

Por  | 

Sentir ciúmes numa relação é a coisa mais natural do mundo. Desde os ciúmes mais inocentes e saudáveis até aos mais obsessivos, todas nós já os sentimos. Mas onde se encontra a barreira entre o ciúme saudável e normal e o ciúme obsessivo que pode levar à destruição de relações? E qual é o tipo de ciúmes que você sente na sua relação?

Ciúmes inocentes

Pequenas manifestações de ciúmes nunca fizeram mal a ninguém. Bem pelo contrário, são até uma demonstração de afecto e amor. Mas o que constitui um ciúme inocente? São pequenos sentimentos, que nem manifestamos por serem tão inofensivos: ver o nosso namorado ou marido folhear uma revista e elogiar os atributos físicos de uma estrela de cinema, ou sentir uma ponte de ciúme do nosso companheiro quando saímos com amigas vestida de forma mais provocadora. Existe um pequeno ciumezinho pro trás destas acções, mas que sabemos não ser sério e que não trará consequências.

Ciúmes saudáveis

Os ciúmes saudáveis distinguem-se dos ciúmes inocentes devido à existência de uma terceira pessoa. Estamos a falar de casos em que notamos que outra mulher está claramente interessada ou atraída no nosso namorado ou marido, mas simultaneamente reconhecemos que esse interesse não é mútuo. Com essa segurança garantida, o ciúme acaba até por se misturar com algum orgulho pelo nosso companheiro ser alvo de interesse, e muitas vezes até fortalecem a relação pois apreciamos mais a pessoa que está connosco.

Ciúmes românticos

Os ciúmes românticos assemelham-se aos saudáveis em termos da existência de uma terceira pessoa (que pode ser real ou imaginária), mas que difere no importante facto de não sabermos se o nosso marido partilha o interesse noutra pessoa. Muitas vezes estes ciúmes manifestam-se relativamente a pessoas que nem sabemos se existem, como por exemplo imaginar uma atracção do nosso marido relativamente a uma colega de trabalho, num contexto que foge ao nosso controlo. Estes ciúmes podem originar suspeitas caso a relação seja abalada por períodos de falta de confiança mútua.

Ciúmes sexuais

Este tipo de ciúme ocorre quando suspeitamos que o nosso namorado ou marido pode fantasiar ou ansiar por relações sexuais com outras mulheres. Fricções sérias podem surgir se o ciúme se transformar em suspeita de que uma relação sexual já ocorreu mesmo no passado.

Ciúmes emocionais

Os ciúmes emocionais são o extremo dos ciúmes referidos anteriormente. Estes ciúmes traduzem-se numa desconfiança que é exteriorizada e pode levar a discussões e por vezes mesmo ao final da relação, quando se conclui que não existe confiança na mesma.

Ciúmes obsessivos

Estes ciúmes são os mais perigosos e muito raramente uma relação lhes consegue sobreviver. Os ciúmes obsessivos vão para além de possíveis suspeitas de atracção por outras mulheres. Quem sente estes ciúmes tem a necessidade de saber todos os detalhes do dia-a-dia do seu companheiro, procurando muitas vezes ligações e possíveis traições que nunca existiram. Levam muitas vezes a confrontos verbais muito agressivos, e algumas vezes até a violência física.

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *