Relações e amor

5 conselhos para não sofrer por um amor não correspondido

Por  | 

O amor não correspondido provoca muito sofrimento. No entanto, lembra-te que existe uma diferença importante entre a dor de um amor não correspondido e o sofrimento provocado por essa experiência. Deixar de sofrer por um amor não correspondido depende essencialmente de ti. Para isso podes colocar em prática estes conselhos úteis que hoje apresentamos.

 

Foca a tua mente na parte negativa dessa pessoa

Lembra-te dos defeitos dessa pessoa, daqueles aspectos que não gostas ou dos momentos em que te fez sofrer. Foca-te no negativo, embora também seja verdade que estás a ser pouco objectiva porque essa pessoa também tem virtudes. No entanto, deves concentrar-te de forma consciente nos defeitos dessa pessoa. A razão para isso é simples: porque quando estás num estado de paixão sentes-te mais receptiva para a idealização. É essa a razão pela qual deves dirigir a tua atenção para outro lado.

 

Muda as tuas crenças

Muda as tuas crenças porque é possível que algumas delas te estejam a conduzir ao sofrimento. Por exemplo, quando tens como objectivo de vida ter alguém a teu lado porque sentes que o facto de ser solteira te conduz ao fracasso social, então vai estar a sofrer não tanto pela realidade em si, mas pela tua própria interpretação. Deixa de esperar o amor, deixa de viver a espera de estar alguém para chegar que vai mudar a tua vida. A partir do momento em que deixas de esperar, tudo vai mudar.

 

Multiplica o poder da amizade

Organiza mais saídas com as amigas, marca mais actividades culturais na tua agenda (cinema, teatro, etc.). Muitos destes planos até são económicos porque (por exemplo) muitas companhias teatrais amadoras têm peças com entradas a preços económicos. Podes ir também ir ao cinema à segunda-feira que é normalmente um dia com preços mais baratos para os espectadores. Vai passear com as tuas amigas, partilha tardes de convívio e planeia actividades em comum.

 

Pensa no momento presente

É muito importante trazer a tua mente para o presente porque o sofrimento provocado por um desgosto amoroso nasce da imaginação. Quando imaginas situações futuras que te provocam sofrimento, então a dor multiplica-se. Quanto mais conectada viveres ao presente, mais feliz serás. A explicação para isso é simples: porque no presente há realidades e não hipótese futuras.

 

Deixa de menosprezar o teu valor

Por que razão colocas essa pessoa no pedestal da idealização? Porque é que isso te faz sentir como se não fosses ninguém? És uma pessoa que merece ser feliz. E é positivo que nestes momentos de desgosto te lembres ainda mais desta mensagem. As tuas relações pessoais com amigos e família, os teus feitos profissionais, os teus momentos felizes e simples da rotina diária, o teu ser e a tua essência, tudo isso te deve ajudar a definir o teu valor interior.

Mata qualquer tipo de esperança, deixa de lado o auto-engano. Não vivas condicionada com ideia que talvez, em algum momento, essa pessoa mude de opinião e te venha buscar. Concentra-te na realidade actual.

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *